Taninos

Os compostos polifenólicos têm um papel importante nas características organoléticas dos vinhos. Um equilíbrio adequado consegue uma melhoria na expressão aromática e na estrutura dos vinhos. Os taninos enológicos dividem-se em duas categorias:

Taninos condensados ou proantocinidinas: TAN Reactive, SuaviTAN, TAN Sutil, Tanicol SUPER e Tanicol XE, oferecem proteções antioxidantes excelentes e estabilização de cor, para além de se incrementar a estrutura e corpo dos vinhos. Ajudam à estabilidade corante devido às elevadas propriedades de polimerização.

Taninos hidrolizáveis ou ácidos fenólicos: Galitan, Vinitanon e Robletan são galotaninos e elagitaninos específicos para conseguir uma proteção antioxidante excecional ou clarificações sem riscos de sobrecolagem. Num meio como o vinho (meio ácido) hidrolizam-se facilmente aportando ácidos fenólicos como o ácido gálico, digálico (ou tânico) e/ou o ácido elágico em função da espécie botânica da qual proceda o extrato. Possuem umas propriedades excelentes na proteção antioxidante dos vinhos e ajudam nas clarificações difíceis pela sua elevada atração pelas proteínas.

A mostrar todos os 18 resultados

Filtro etiquetas categoría productos