Bactérias Lácticas

O objetivo da utilização de bactérias lácticas selecionadas é o maior controlo da fermentação maloláctica. Aspetos procurados com esta fermentação são a baixa produção de acidez volátil, não produção de aminas biogénicas e a preservação dos aromas varietais. Com a introdução de cultivos selecionados estes objetivos são mais facilmente conseguidos do que mediante a microbiota autóctone bacteriana.

A fermentação maloláctica nas nossas latitudes e as novas técnicas da enologia atual tornam a gestão da FML uma tarefa cada vez mais difícil devido a que deve realizar-se em vinhos de elevado grau alcoólico e/ou elevado conteúdo em polifenóis. Viniferm OE é um cultivo bacteriano de Oenococcus oeni especialmente preparado para trabalhar nestas condições. São estirpes procedentes da seleção natural de regiões vitivinícolas da Região Mediterrânea, estando perfeitamente adaptados às condições enológicas das nossas latitudes. Viniferm OE apresenta-se em três preparações, capazes de realizar a fermentação maloláctica em condições de pH baixo (Viniferm OE 322 e Viniferm OE ACID) e em vinhos de marcada expressão polifenólica (Viniferm OE 104).

A mostrar todos os 4 resultados

  • Avaliação 0 de 5
    Bactérias lácticas de segunda geração para elaboração de vinhos tintos de qualidade
  • Avaliação 0 de 5
    Cultura líquida concentrada para os vinhos brancos de pH muito baixo.
  • Avaliação 0 de 5
    Cultura líquida concentrada para vinhos tintos Expressão polifenóis marcada.
  • Avaliação 0 de 5
    Fermentação malolática de vinhos de pH muito baixos.